domingo, 24 de outubro de 2010

Ciberguerra: Nações se aprontam para guerras cibernéticas

O mundo se está a beira de uma guerra. Mas, em vez de bombas e explosões, o caos virá por meio de apagões no sistema elétrico e colapso nas comunicações. A causa para tudo isso: um potente vírus de computador.

O conceito de guerra cibernética, ataques à infraestrutura do Estado por meio de computadores, soa como script de filme, mas governos, empresas e agências de inteligência demonstram preocupação. "A ameaça é real e digna de atenção", disse na semana passada Iain Lobban, diretor da GCHQ, agência britânica de espionagem eletrônica.
O medo de uma ciberguerra ganhou força com a descoberta do Stuxnet, um malware do tipo worm que infectou milhares de máquinas no Irã, na Indonésia e na Índia.

Quer ler mais sobre o assunto, leia o texto do Bruno Romani para o Folha.com, clicando aqui.

0 comentários:

Postar um comentário